23.8.17

Jardim Bordallo Pinheiro


Oba! Que dias quentes!
Não sei porquê, mas acho que suportava melhor o calor há uns anos atrás, do que suporto agora. Deixa-me maldisposta, fraca, preguiçosa, cansada... Talvez esteja a custar mais porque estamos mais tempo na cidade? Ou talvez porque dormir é algo completamente inexistente? Estamos a falar daquele dormir durante horas seguidas. I-ne-xis-tente!
Seja como for, procuramos formas de arrefecer que não inclua ficar fechado num shopping com um ar condicionado em full blast. Se bem que essa ideia não me parece nada mal. Problema é a criançada...Sobra-nos então o método de refrescar natural: sombra das árvores.

Soooooo, chegamos ao motivo deste post. Para mostrar-vos um jardim que desconhecíamos e adoramos. Sossegado, muito pouca gente, muita sombra, muitos pavões sem medo algum... e se andar pelos labirintos a apreciar o trabalho de Boldallo Pinheiro não chegar, têm sempre o museu da cidade também. Optamos só por fazer o exterior (gratuito) e deu para as miúdas descarregarem energias e ficaram encantadas com os animais gigantes em louça a decorar as paredes do palácio, dos arbustos, dos muros. A disposição das peças foi da autoria da artista Joana Vasconcelos e estamos perante um misto de lazer e ao mesmo tempo, uma exposição.
Vale mesmo a pena!
Gostei imenso desta descoberta...

1 comentário:

Analog Girl disse...

Esse jardim é tão bonito... já não vou lá há algum tempo, adoro-o. Quando lá fui fui perseguida por um pavão que não achou muita piada a ser fotografado... :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...